domingo, 18 de junho de 2017

A perigosa medusa






Afirmam que "a propaganda é a alma do negócio"... e lastreando-se nisto, muitos são autopropagandistas pessoais, estando sempre "populares" ou reconhecidos como "fodões" em algo...seja no profissional, seja no entretenimento.

Sempre procurei ir na contramão, sendo o meu próprio algoz no que se refere a autopropaganda. Percebi que, embora eu sempre buscasse adquirir conhecimento e dele me nutrir, na medida que ouvia elogios ou me destacava em algo, uma coisa muito perigosa se alimentava disto:  Meu EGO!

Sempre fui solicito em ensinar (e gosto de fazê-lo a quem de coração puro e sem interesses obscuros deseja aprender)... hoje vejo muitos que, ha tempos atrás ensinei algo ou simplesmente apresentei a algum assunto, viraram referencias em tais coisas, badalados e reconhecido por todos com "tal"... me alegro em ter dominado tais assuntos sem holofotes e de ter transferido o conhecimento.

O Ego é como a medusa mítica dos gregos...todos sabem que petrifica, mas muito poucos resistem ao desejo de olhar em seus olhos admirados... nisto, muitos estão espiritualmente petrificados!

Arrancar-lhe a cabeça não é tarefa fácil... é como aquele menino que está sentado no cantinho escuro da sala enquanto todos da classe se aglomeram no canto equidistante, rindo ... iluminados por um holofote enquanto apontam para o canto escuro em deboches....

O holofote é a cabeça da Medusa e o Ego, que atrai constantemente mas que petrifica!

Diuturnamente suas madeixas peçonhentas tentam me atingir...e a guerra contra elas é a mais cruel, pois é interior!

Mais vale falar a linguagem errada dos simples que as difíceis e cultas palavras dos petrificados! Mais vale o companheirismo dos comuns do que o reconhecimento dos iluminados pelo Ego... Estes, como as madeixas da medusa, tentam lhe atingir a todo instante para o transformar em pedra imóvel!

E que a luta contra o Ego nunca termine, custe o que custar... pois quando ela estiver vencida, aí é que está derrotada!



Igor Monteiro

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Castelo de Cartas do mesmo Naipe!







O BRAZILEIRO MÉDIO NÃO VALE NADA!


Vejo um monte de braZileiro revoltado com a imigração...mas sem se atentar que a grande maioria são descendentes dos IMIGRANTES fugidos da primeira e segunda guerra (muitos, inclusive, NAZISTAS).


Também não se atentam ao fato de que os braZileiros emigram a todo momento, não fugindo de guerra, mas por motivos diversos...geralmente por incapacidade de construir uma nação e por "desculpismos diversos".


Em 2010 quase 500 MIL (IBGE) braZileiros se evadiram... o ITAMARATY estima 2,5 MILHÕES de tupiniquins indo "roubar emprego nos outros países"(segundo a lógica de alguns).Antes que me venham com o jargão do tolo "quais as referências", as coloco: http://www.brasileirosnomundo.itamaraty.gov.br/noticias/censo-ibge-estima-brasileiros-no-exterior-em-cerca-de-500-mil/impressao


Alguns de olhos fechados conseguem até desenhar o mapa "das Oropa", mas não conseguem compreender o próprio território, suas divisões políticas, geomorfológicas, climáticas, culturais, etc. (os melhores braZileiros definem em apenas 3 regiões: Nordeste(ou norte), sul e sudeste)


Piora quando entra nos debates "politiqueiros"...


Conheço SERVIDORES PÚBLICOS das três esferas, Estudantes de universidades Públicas e pós graduações federais, "clientes" de serviços como Hospitais públicos, ou clínicas credenciadas ao SUS, ou postos de vacinação Públicos que, MAMANDO NAS TETAS DO ESTADO (ainda segundo a lógica de alguns), vociferam modelos econômicos ideais (que não vivem, nem quando procuram "exílio" fora da fronteira) e libertarianismos "estranhos" (enquanto combatem a liberdade do outro, seja a de usar o reto para prazer sexual, ou para expressar religiosidade de origem africana).


Conheço braZileiros afortunados que, apenas por passar períodos em terras estrangeiras, retornam com narizes empinados usando a experiência como se fosse "ascenção moral e intelectual", mas "milagrosamente" ao pisar no solo da pátria, rapidamente voltam a praticar costumes cretinos... não se consegue negar o sangue mestiço!


O braZileiro não vale nada! Tem é preço! E o preço do braZileiro é bem acessível.... qualquer "centavo de euro" paga!


Ah! tem também os cidadãos que nunca foram incluídos do sistema braZil... aqueles que geralmente vivem nos modernos "guetos de Varsóvia", aqueles que são "Hércules Quasímodos"... aqueles que para sobreviver, deixam seus filhos aos cuidados do acaso para cuidar dos filhos dos braZileiros que, sendo "modernos", estão ocupados demais para cuidar da própria descendência (mestiça.. mas com mais genes setentrionais que a maioria), isto enquanto ouvem suas "Sinhazinhas" clamar pela a morte dos "filhos da rua".


o "braZil legal" não vale nada... o Brasil real ainda sonha em, ao menos, ter cidadania.


O pior dos seres neste grande território são os espécimes PRETOS (cor da pigmentação, que também pode ser acobreada), POBREs ( assalariados ) e "NORDESTINOS" (nascidos entre as latitudes -22 e 5 segundo alguns braZileiros) que tendo em sua mente doentia a ilusão que não é igual aos seus "sofridos irmãos de pátria", se aliam aos vira latas que aparentam mais com "raças puras" para fazer quorum contra sí mesmo.

Estes, nem digno de pena são, mas de desprezo e abandono.





Igor Monteiro, BraSileiro NATO que sonha em uma nação criada para seus filhos renegados, não para "celeiro e estábulo" do mundo!

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

reflexão



Desde ha muitos anos atras, sempre tive em minha personalidade algo de "anti-auto-propaganda"...sempre busquei ser bom nas coisas em que eu desejava ser, e sempre repassei aos que me rodeavam sem nenhuma altivez o conhecimento que eu possuía...tomei muita "rasteira" de próximos!






Comecei a observar muitos que, no passado, iniciaram aprendendo algo comigo( ou que em muitas vezes recorria a mim em algum assunto), e que tempos depois me olhavam com altivez ou descrédito...mas eu nunca deixei de buscar o conhecimento nem de retransmitir, seja lá em que assunto fosse.... e sempre "levando rasteiras".






Analisando o mundo de hoje, feliz por ver muitos que pude de alguma maneira ajudar em alguma fase da vida, começo a entender não o sentido da vida, mas o sentido da MINHA vida (a vida do outro realmente não me interessa)!






Vejo com felicidade antigos críticos meus hoje muito bem sucedidos (pelo menos no fantasioso mundo virtual), vencendo a "batalha da vida" cotidiana.... e eu continuo na minha rotina de estudar a existência, e retransmitir segundo o meu entendimento aos que buscam... diferindo que hoje uso mais da astúcia.






Enquanto antes sorrisos largos me ludibriavam para sugar algum saber para autopromoção as custas de "rasteiras" e "passadas de perna" , hoje visto a carapuça do "não saber" para não mais fomentar a disputa moral alheia....mas continuo me instruindo!






Prefiro a cooperação no lugar da competição!






Sempre que faço uma retrospectiva mental sobre momentos de minha vida.... relembro amarguras e felicidades.






Vivo em um mundo diferente.. que não é só meu (identifico os que andam na mesma vibração)! Tenho uma coisa "estranha" que me leva a agir de tal forma que , mesmo quando entendo profundamente de algum assunto, me faço por tolo diante de quem se autoproclama "doutor naquilo", na medida em que forneço tudo o que compreendendo das coisas a aqueles que carecem do conhecimento não para concorrer, mas para construir em conjunto.






No mundo das aparências e autopromoções, quem conviveu comigo em cada situação e esteve aberto a colaborar (e não disputar) certamente pôde conhecer além da "ponta do iceberg"






Ser o melhor é muito fácil..o difícil é segurar as "saias justas" quando gente como eu resolve testar para além das aparências. E no dia em que a fantasiosa sociedade do "aparente" desmoronar, o conhecimento sobrepujará a argumentação, e de nada valerão os títulos... nem os acadêmicos, nem os de capitalização. Valerá apenas o conhecimento profundo! 28 de setembro do ano das panelas.












sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Sonho Lúcido e realidade Distópica!




Tive um sonho que me fez mudar de lógica e de posicionamento...

O estado deve ser mínimo mesmo...e servir apenas para salvar corporações financeiras, pois elas não podem se defender.... Enquanto pessoas....que subam na vida por conta própria ou respeite a lei natural de seleção!

***

(Pronto! Para você que não tem hábito de ler mais do que manchetes...pare por aqui, não perca seu precioso tempo pensando. Trabalhe!)


***
Hoje não quero que os dinheiros dos meus impostos paguem tratamento médico de quem não pode pagar... Tampouco que dê dinheiro a médicos e enfermeiros de rede pública... tremendo gasto desnecessário tendo em vista o péssimo serviço do SUS...e a má distribuição dos agentes de saúde em relação a necessidades das pessoas no território!

Educação? está uma merda! quero que suma estas “universidadezinhas’ e colégios para gente que deveria estar trabalhando para alguma corporação sem questionar.... Que todos os que se formaram com auxílio de FINANCIAMENTOS ESTUDANTIS sejam barrados em seus diplomas... já que “forçaram a barra” meritocrática para alcançar um diploma do qual ele não era merecedor.

Sem falar dos "Deuses Acadêmicos", que são sustentados com dinheiro público em "pesquisas geradoras de artigos salames" e usurpam de seus orientandos (uma grande maioria vinda de escolas particulares e de “boas famílias”) apenas para manter uma hierarquia sem valor fora “das muralhas acadêmicas”.

E o tal Ciência sem Fronteiras? Ideia imbecil de pagar “passeios internacionais” a quem não conseguiu sair para estudar fora por incompetência sua ou de sua família em crescer na vida! Revoguemos tudo, inclusive os que já concluíram.

Olha só o rombo que foi dado com esta "experiência socialista"...muito dinheiro público para bancos em detrimento de "MINHA CASA MINHA VIDA"...

Oras, quem nunca conseguiu comprar casa antes é porque não teve COMPETENCIA para se estabelecer na vida meritocraticamente... então sua condição é natural... DEVE-SE DEVOLVER SUAS CASAS.. Afinal. só foi conseguida via assistencialismos de governos populares, você só seria digno (a) dela se comprasse sem ajuda, meritocraticamente.

Que cada condomínio ou associação de bairro banquem a coleta de lixo e o encaminhamento aos aterros e lixões...gastar dinheiro com estruturas inteiras para coletar lixo (ainda que em parte) é besteira.... melhor seria ter 5 ou 6 empresas concorrendo e nós pagando pelo serviço sem nenhuma parcela paga pelo estado.

Porque pagar para o estado gerenciar equipes de bombeiros faltando equipamentos se podemos pagar ou montar empresas privadas para cuidar com excelência destes assuntos? Em cada bairro o serviço seria mais rápido e melhorado... os profissionais ruins seriam demitidos e assim asseguraríamos uma excelência no serviço a um custo menor.

Porque também preciso pagar para este tal estado colocar estranhos desconhecidos armados dizendo que vão cuidar de mim? Seguindo Ordens de quem? Para que interesses? Para que este gasto desnecessário por uma sensação de insegurança se podemos defender armados nossas famílias e de amigos conhecidos? Se podemos organizar nos bairros polícias privadas atendendo apenas o interesse dos moradores daquele bairro?


E o que falar de concursos públicos? grande gasto desnecessário para todos...um monte de "vagabundo" querendo uma estabilidade por incompetência de crescer na vida meritocraticamente... CORTA TUDO!


Pensando bem são tantos os gastos desnecessários.... SUBSIDIO estatal sobre óleo Díesel? Absurdo, porque tenho que pagar parto do combustível dos caminhões que transportam os recursos dos grandes fazendeiros para os portos?


APOSENTADORIA é a maior safadeza. Podemos ver em zonas não urbanas velhos e velhas com quase 100 anos ainda trabalhando braçalmente, muitos sem este “benefício”.. Esta é uma prova que a velharada “vagabunda” só quer é morrer com assistencialismo de governo… vão trabalhar e deixem de safadeza!

Assim começaremos um novo país... Onde cada qual estará no seu devido lugar.... Sem ajudinha de governo, sem indignações, pois se não possui algo é por própria culpa e incompetência, pois as oportunidades de concorrência estão ai para todos e o mercado se autorregula...

Como iniciei (caso você ainda esteja lendo) este sonho me fez mudar de posição na cama, pois suava bastante ao perceber que muitos dos que vejo rotineiramente bradando contra algo, na verdade foi beneficiado de alguma forma e brada em favor dos que antes nunca lhe possibilitaram crescimento.


Mudei também a lógica cartesiana e binária, para uma lógica que abrange com uma profundidade mais próxima as complexas necessidades humanas.




Igor Monteiro – 23 de setembro do ano das panelas.

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Entre mundos



Não vou nem falar muita coisa sobre os "indignados contra a corrupção...."






até porque fascista é psicopata, não possui empatia, não reflete, não é humano! Se fuçar bem acha-se algum esquema corrupto em que está envolvido, e eles mesmo acreditam que não fazem corrupção.






Muitos passarão a definhar, a se apertar cada vez mais financeiramente, a voltar para o antigo status social, e em suas loucuras, "cairão atirando", achando que vai passar, que pertence aos que merecem vencer e por ai vai...Quem cria laços baseados no quanto o outro possui, morrerá sozinho , ainda que em meio a multidões.






Tal como nos filmes, começou uma "guerra entre mundos".... não nos padrões raciais em que eles (os fascistas e nazistas) nos separam de forma hierárquica e piramidal, mas uma guerra entre duas raças: Os iluminados caolhos e os humanos.






Será uma guerra difícil, pois quem tem dois olhos (no lugar de um apenas) enxergou o cumprimento que se fez na velha profecia (" nada há em oculto que não seja revelado"), e de repente vimos brotar em todo canto, como que se um tapa olho que foi retirado, em laços sanguíneos, laços sociais, laços empregatícios... a verdadeira face psicopata da luz que escurece.






Jesus estará do lado dos canalhas, pois é um ícone branco, de longo cabelos lisos que construiu religiões assassinas e que parece até que tem apenas um olho no topo...






Do lado dos que jamais tiveram chance, dos que estão a margem da sociedade, dos açoitados pelas injustiças, "das putas apedrejadas rotineiramente", dos que não se enquadram nos dogmas impostos, estará um outro ser, um que ja apareceu feio, "sem presença", que andou entre putas e malditos...






que toquem as trombetas!






Igor Monteiro

segundo dia do inicio do inferno!