sábado, 2 de fevereiro de 2019

O ODOYÁ DA HIPOCRISIA!


HOJE É (mais um) DIA DA HIPOCRISIA!!!!!!




 

Odoyá!




Sou do mar, e quem também é do mar sabe que eu sou do mar! 


Os “embusteiros” não me importam... apenas quem também é do mar!


Seja nas águas azuis e tranquilas do verão, ou nas verdes e turbulentas do inverno... sou do mar! 

Dos perigos que muitos alegam que o mar impõe, eu e meus companheiros de mar vivenciamos sempre, e apesar da reverência e respeito, nos sentimos parte componente do mesmo perigo e, portanto, eles não nos assustam.

Apesar de toda a consciência do poder humano, não me custa nada pedir licença para entrar no reino dos mares antes de adentrá-lo. O que custa prestar reverências e pedir proteção as entidades reconhecidas como autoridades? A “Jesus”, a “Yemanjá”, e aos seres diversos sempre peço que me guardem nesta dimensão marinha.

A cada imersão uma proteção... a cada ouvir de cantos e cerco de baleias (sim, já fui cercado por 3 baleias que me circundavam e me fizeram reverenciar a grandeza do mar ao me colocarem no centro de um vórtice de água...) um lembrete da minha pequenez. 

Também nas matas faço interação, respeitando as autoridades “das folhas”... mas esta é outra pauta!

Ora, porque hoje é o dia da HIPOCRISIA? Explicarei...

Como soteropolitano que conhece sua terra e aceita sua cultura (apesar de ter herdado o fenótipo dos pilhadores colonizadores), sempre vivenciei no cotidiano o sincretismo típico de Salvador (e do recôncavo) ... O acarajé (salve engano, ofertada a Iansã), o carurú com “aquele pedaço de cana-de-açúcar, milho branco, pipoca...”, a visão das oferendas em cada esquina...

Sou capoeirista (apesar de não treinar há tempo, um capoeira depois do batismo JAMAIS deixa de ser... IÊ VIVA MEU MESTRE!), sei da luta, da arte e sobretudo DO METAFÍSICO que move e é movido pelo som DO ATABAQUE (de couro de boi...), do Agô-gô, do Berimbau.

O atabaque toca barravento e toca IJEXA! A Música “baiana” que atrai gente do mundo todo, só é grande por conta dos Ogãs e de suas influências.


MAS HOJE É O DIA DA HIPOCRISIA!


No mar sempre estive lado a lado com os trabalhadores do de lá... homens e mulheres que deste reino tiram seu sustento... 

Que são marginalizados POR TODOS, são taxados de vagabundos cachaceiros por aqueles que estão indo começar o dia de trabalho as 8 da manhã apenas e que em sua ignorância, desconhece que a hora de trabalho do trabalhador do mar quem dita é o próprio mar...

São taxados como DESTRUIDORES por ambientalistas inúteis, que vivem em ideologias imbecis enquanto desfrutam do conforto possibilitado pela destruição que ocorre longe dos olhos deles...HIPÓCRITAS!


TODO RESPEITO AOS PESCADORES(as) E MARISQUEIRAS (os) ARTESANAIS!


MAS HOJE É DIA DA HIPOCRISIA!


A cada ano, mesmo na cidade MAIS PRETA DO BRASIL, o acarajé vira “Bolinho de Jesus”... o Exú vira sinônimo de SATANÁS... a pessoa PRETA , se não for convertida ao cristianismo, vira “Pessoa adoradora do mau”...e por ai vai!


Certamente 90% (noventa em cada cem pessoas) dos que hoje estão indo depositar suas flores no mar, o fazem pelo modismo, pelo comportamento de manada....enfrentam filas para depositar “SUAS OFERENDAS” (este é o nome correto, “presente” é só uma maneira arranjada de “Não se misturar com os macumbeiros”) para que os TRABALHADORES DO MAR, em suas demonstrações de fé, levem a rainha dos mares... e para que não falte peixe (o peixe e o marisco estão para os trabalhadores do mar como o vão papel da casa da moeda está para o assalariado).


Muitos que estarão derramando suas alfazemas no mar, ao ouvir os atabaques saudando a rainha do mar nos rituais, certamente irão falar “ESTÁ AMARRADO!” ou “ESTÁ REPREENDIDO!...

Já ví gente indignada com a presença dos rituais de base africano NA FESTA DE IEMANJÁ... “Acho errado, isto deveria ser feito só nos terreiros”!

AMANHÃ volta tudo ao normal.... o branco da roupa estará encardido (como a alma) depois da etapa profana da festa... o que “foi pedir proteção a Iemanjá” voltará a taxar pescadores de vagabundos, oferendas de “Coisa do diabo” e pessoas do candomblé (sobretudo se forem pretas) de satanistas.


Hoje é dia da HIPOCRISIA!


terça-feira, 31 de julho de 2018

SAUDOSISMO!!! (e noção de idade)

BECAUSE I GOT HIGH !!
https://www.youtube.com/watch?v=WeYsTmIzjkw

Este foi o primeiro vídeo que eu assisti  no YouTube (grande novidade na época) e foi assim que conheci a plataforma.

Dois amigos (queridos e caretas) me mostraram, em uma salinha de coleções zoológicas (onde eu trabalhava na curadoria) dentro do LAB 01 da faculdade...

Lá, antes do "ano do futuro" completar uma década...

Com o diploma nas mão e cheio de esperança de que estudar sobre o meio ambiente daria futuro, dignidade e satisfação...

O tempo passou...

veio o mercado da "Água" (era moda ambiental falar sobre o futuro da água... era cool!)...

A coisa e(in)voluiu para o mercado do "meio ambiente"... "florestas coníferas"  em solo tropical viraram "salvação do planeta"...

Ideologias ambientalistas infectaram uma profissão científica, que por sua  vez anda em processo deletério enquanto forma profissionais desconexos com o "futuro" dos anos 2000  e que, enquanto desfrutam do  "novo mundo e seu meios", deliram em premissas românticas do século XIV...

Saudosismo daquele passado (que era mais futuro do que agora, com todo este retrocesso em todos os âmbitos)...

Ah se eu soubesse antes que estudar os processos naturais do sistema terra entorpecesse!!!

E por não ter "sabido" antes, esta música virou histórica e retrata o "entorpecimento" causado pela imersão profunda no desejo de adquirir conhecimento sobre a vida!

Não deu pra fazer muito estes anos, "porque eu estava doidão"


Igor Monteiro - 31/07/2018

quinta-feira, 19 de julho de 2018

A grande batalha de resistência é aquela contra a opção que aponta uma "porta de saída" que é a "porta de entrada pro Inferno".

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Crônica Biogeográfica do gentílico brasileiro!

E, aos dois mil e dezoito anos do calendário cristão, cento e noventa e seis anos após o surgimento de um país independente, com gravíssimo histórico de uso de mão de obra escrava, genocídios e acolhimento de imigrantes europeus, é possível afirmar sem chance de falha que a principal qualidade do povo mestiço, a quem destina-se o gentílico brasileiro, é ODIAR!

Nota-se que existem origens distintas desta qualidade.Quanto mais fenotipicamente demonstram genética do continente africano, expressa-se o ódio pelas históricas condições que lhes foram impostas diante da sociedade, e reverenciam o continente de seus antepassados;

Quanto mais fenotipicamente expressam origens do continente Europeu, expressa-se o ódio contra os que expressam os genes anteriores, e possuem atração pelo continente de seus antepassados;

Quanto mais se expressa os genes de ameríndios, quando são avistados na sociedade , são odiados pelos dois morfotipos anteriores, e continuam morrendo por reverência e resistencia pelo próprio continente;

Existem, neste aglutinado de gentílico denominado brasileiro, os que simplesmente acreditam que não pertencem a este ponto geográfico e que nasceram no lugar errado, e por isto Odeiam este lugar, possuindo reverência a regiões mais próximas do câncer do planeta e militando em todas as esferas contra a região geográfica que os prende geneticamente;

Existem colônias de outros morfotipos oriundas de outros pontos geográficos (Eurásia, Península Ibérica, canto do mar entre terras, etc) que migraram para esta região geográfica com a certeza que não possuem genes mestiços com os daqui, aqui estão pela fertilidade e para ajudar a expandir suas populações com finalidade de expansão de seu povo;

Em cerca de 5 gerações do gentílico chamado brasileiro (oriundos da diversificação genética, muitas vezes forçada e sem consentimento,  que antecedeu a formação do que se chama estado), apesar das expressões fenotípicas identificáveis em cada clado populacional e diversidade genética assegurada, o gene dominante que aparentemente reina neste gentílico é o Ódio!

Em determinada escala de tempo este gene se expressa em maior ou menor grau, mas ele está sempre presente, podendo ser identificado com menor margem de erro quando observa-se a etologia deste gentílico. Comumente apresentam comportamentos contraditórios de vocalizações, onde as vocalizações e comportamentos de Ódio são precedidos por vocalizações sem comportamento sobre religiosidade, amor e um tal ser imanente e metafísico chamado deus, em escalas inversamente proporcionais.

Ódio! Este seria o ponto crucial de ligação entre todos os morfotipos deste gentílico denominado brasileiro. Em outra análise observatória serão observados outros genes, como os da falta de educação e honestidade (acredita-se que se interligam no DNA).

Assinado, EU - ATGCCGATATCG

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Make Brazil strong!

Antes eu era taxado de "comunista"... ai eu disse que cansei e virei "Liberal"... agora, vendo que é impossível ser liberal no Brasil, eu cansei e a partir de HOJE eu serei FASCISTA!


      O Brasil possui uma extensão continental onde é possível o desenvolvimento de uma potência sem a necessidade de invadir e dominar terras além de suas fronteiras, possuindo uma grande zona marinha e grandes áreas agricultáveis. 

      No que se refere a insumos básicos para a soberania de uma nação, possuímos minérios diversos , petróleo , água potável em abundância e longas faixas de terras agricultáveis, além dos recursos biológicos que são fontes potenciais para a indústria farmacêutica. 

     Em relação a infra-estrutura, as obsoletas e inacabadas estradas (sobretudo a Transamazônica) serão requalificadas, porém, o modal viário será substituído por um forte modal ferroviário e aquaviário (tendo em vista a grande porção de rios navegáveis e a extensa costa). 

     Existe a necessidade de um re-estabelecimento da indústria petrolífera (onde ja existem refinarias, poços de extração e pólos petroquímicos já instalados mas subutilizados), metalúrgica e, sobretudo a indústria nuclear. Para o abastecimento de alimentos, faz-se-á necessário o surgimento em larga escala da produção de alimentos para abastecimento interno, onde cinquenta porcento da produção de commodities agrícolas para exportação será substituído para esta finalidade. 

    Os países que desejarem negociação de nossos produtos terão que pagar os preços justos (tanto dos produtos minerais, quanto dos produtos de agricultura). 

   Sugiro um plano Nacional desenvolvimentista, não apresentado por ordem de importancia nem prioridades:

1- Tem que descer o pau em vagabundo grevista! Cabe a todos o desenvolvimento da nação; 

2- Se impor com o estado forte e soberano frente aos interesses usurpadores internacionais; 

3- Re-estatizar a Vale do Rio Doce e produzir as ligas necessárias parar construir ferrovias integrando todo o país, SOBRETUDO NA AMAZÔNIA, que será ocupada pelas forças militares nacionais expulsando e executando todo e qualquer povo ou exército que não seja brasileiro nato (povos indígenas que optarem pela nacionalidade Brasileira serão tratados como filhos da Pátria);

4- Haverá punição severa a qualquer militar ou agentes da segurança pública que estiver envolvido em ações que transgridam leis de qualquer natureza e/ou execução por traição à aqueles que forem defensores de estrangeirismos e globalismos;

5- Todo cidadão que defender interesses antinacionalistas e globalistas que sejam prejudiciais aos interesses do estado perderão suas cidadanias e serão expulsos da Nação; 

6- TODO ESTRANGEIRO que não seja turista será proibido de negociações, posses de terras ou de empresas (incluindo as famílias que vieram a 3 gerações anteriores e que possuem envio de capital para fora do país); 

7 -A todo opositor será dada a sentença de traidor e sumariamente preso e/ou executado. Todos os que que possuam tendências neoliberais ou globalistas serão presos e, caso sejam políticos, serão executados. 

8 - O Brasil possui riquezas que o torna autossuficiente, bastando apenas desenvolver indústrias para beneficiamento. Iremos negociar não mais com matérias primas, mas com produtos beneficiados.

 9 - Todo cientista que teve seus estudos e pesquisas financiados pelo do estado brasileiro, ainda que sob forma de subsídios ou empréstimos bancários, será incluído obrigatoriamente no desenvolvimento técnico-científico da nação, sendo obrigatório seu retorno caso resida em terras estrangeiras, sob pena de perda de nacionalidade e banimento, tendo assegurada a remuneração justa pela prestação dos serviços e gratificações;

 10 - A meritocracia será defendida, sendo revogados os privilégios para a manutenção da isonomia e, consequentemente, do destaque meritocrático real. A todo brasileiro nato que trabalhar na produção de alimentos, na indústria, na construção civil, no ensino, na pesquisa científica e na saúde será assegurada a boa qualidade de vida no que se refere a saúde, nutrição e moradia;

 11- Os herdeiros de grandes fortunas e os que trabalham no mercado especulativo serão levados para trabalho produtivo compulsório até que estejam ressarcidos o equivalente de suas riquezas oriundas de trabalhos não produtivos. 

12- Haverá investimento tecnológico nas forças de defesa nacional e todo cidadão sera responsável pela devesa dos interesses nacionais, devendo portar duas armas de longo alcance e duas armas curtas e munição necessária pra resistência por 3 dias em caso de invasão de território nacional; 

13- Os interesses do estado brasileiro e do desenvolvimento social, tecnológico, industrial e alimentício de seu gentílico será soberano e defendido a qualquer custo.

 ***












Nota: A melhor maneira de demonstrar o quando um argumento é ruim ou bom é com a extrapolação para que seja vivenciada a situação. Muitas vezes, a exposição das contradições demostra o quão medíocre ou ridícula é uma idéia ou pensamento... Outra vezes as contradições nos leva a meditar sobre nosso próprio ponto de vista e, talvez, muda-lo.