sexta-feira, 24 de abril de 2009

ANARKILÓPOLIS


“Todos os partidos são variantes do absolutismo. Não fundaremos mais partidos; o Estado é o seu estado de espírito.” (R.S.)


Me sobe neste momento uma revolta muito grande ao ver o escândalo das passagens aéreas dos políticos federais. O cinismo, aliás, não se trata de cinismo mas de esquecimento das funções, com que estes filhos da puta agem. De lado estão os que aparentam ter um pouco mais de consciência, do outro os que lutam, reclamam, reivindicam e clamam pelo “direito” de pagar viagens aéreas para quem quiser, sobretudo suas esposas.


Se não me engano os salários estão por volta de R$13 mil reais, mais cerca de R$15 mil para hospedagens, combustível e consultorias e mais R$3 mil de auxilio moradia, além das despesas de telefone e cartas por nossa conta e as passagens aéreas para os deslocamentos oficiais.


Com literalmente tudo pago e ainda cerca de R$ 13 mil livres e mesmo assim não sobra nenhum dinheiro para pagar as passagens das esposas( que custa por volta de R$1000 reais ida e volta juntos a depender da origem-destino). A coisa que mais me espanta e causa revolta é a imunidade parlamentar, pra que esta imunidade? Quem criou esta imunidade já fez com que só entrassem corruptos e ladrões... Honestos não necessitam de imunidade parlamentar.


É... pena que somos conformados, e quando junta-se um grupo para anarquizar a porra toda é recriminado por todos os covardes, sim... covardes! Não tem coragem de exteriorizar o que sentem no coração e agir. Criticar é mais fácil né? Fazer o que?


Sou da geração de 80, a abertura política já existia em minha época e isto, segundo a crença dos mais velhos, me torna um não sabedor das coisas...” você é jovem demais pra saber o que foi a ditadura...” ou” dê graças a Deus “. O que eles não percebem( sim... os que nasceram antes da década de 80) é que eles são ditadores.. os ditadores morais, a pior raça de ditadores, que torturam a alma e não a carne.


Vivemos em uma ditadura sim, mas numa ditadura moral e astuta.Somos induzidos a criticar se alguém diz que votou nulo.. esta porra é um direito caralho! “ acho que quem vota nulo não tem direito de reclamar” é o que muitos dizem... Não tenho direito um caralho, pago impostos, isto é o que me dá direito a reclamar de qualquer situação política, e não o fato de não votar.


O interessante é que os jovens são a cada dia usurpados do direito da educação verdadeira, com desenvolvimento de senso crítico e direcionados a pensar da forma que os mais velhos querem...e ainda vem com a idéia hipócrita : “ o jovem é o futuro da nação”. Seríamos sim... se não estivéssemos sob o jugo do pensamento arcaico de gerações anteriores.


Conselho meu para as próximas eleições: além de verificar os suplentes( figura que elegemos obrigatoriamente e indiretamente mas que ninguém se lembra ou sabe quem é) temos que procurar saber quem é a mulher, os filhos e os amigos, pois estaremos pagando suas passagens aéreas com nosso dinheiro também.


Eu continuo sendo a ovelha negra nas conversas com amigos, o do contra, o “errado” etc, etc etc...indignado e votando( obrigado) apenas em quem eu realmente acredito, no resto é tudo NULO. Anulo mesmo já que me privaram o direito de não votar, e pra quem acha que é errado votar nulo, lembre-se: PAGO OS IMPOSTOS, portanto poupem salivas ao querer dizer que não posso reclamar.



PS: a foto acima é o crustáceo Callichirus major , que tem como nome popular CORRUPTO, isto se deve por existirem muitos, serem difíceis de ver apesar de sua abundância e tamanho e sobretudo por serem dificeis de serem capturados.



Igor Monteiro

quinta-feira, 23 de abril de 2009

KRIG-HA BANDOLO



Ela, bastante formosa, com suas vestes verdes magníficas, suas barreiras coralíneas perfeitas, bastante riqueza em forma de preciosos minerais, sempre cuidou bem de seus filhos amados, dando-lhes o melhor e mais saudável alimento e a água mais cristalina que podia existir, nunca teve medo ou conhecimento de nenhum tipo de salteador.

Seus filhos banhavam-se em perfeitos chuveiros naturais em forma de lindas cascatas, todos os filhos podiam usar suas riquezas sem preocupação, sobretudo o ouro e estavam sempre em contato íntimo com seus animais de estimação, chegando até a amamentar a alguns e os mais selvagens os respeitavam porque também eram respeitados. Roupas? como era uma grande família e como os valores e conceitos eram puros, tais acessórios não eram necessários. Todos viviam em uma perfeita harmonia, é claro que como em toda família existiam verdadeiras guerras, mas a mãe supria a todos de forma indistinta.

Um dia receberam uma visita que iria mudar toda a sua história.Como sempre viveram em harmonia e de forma respeitosa, não desconfiaram que aqueles homens com aqueles objetos estranhos pudessem lhes fazer mal algum.Mas fizeram.

Em um ato de Atentado violento ao pudor e de estupro, os homens chegaram sem serem convidados, humilharam, mataram, estupraram suas filhas, e escravizaram a todos os filhos dela. Em pouco tempo começaram a rasgar(destruir) seu vestido verde, roubaram as riquezas que estavam em todo lugar (até o outro que habitava no leito dos rios), impuseram um casamento e novos enteados( muitos deles sequestrados de outra mãe de forma igualmente cruel).

Diante de tal desgraça, foi obrigada a se prostituir e, passando-se gerações e gerações, a cultura da prostituição moral ficou estabelecida entre seus filhos, agora todos mestiços que , de forma também cruel, a cada dia esquecem e ignoram( além de reprimir mais ainda) o remanescente dos filhos legítimos.

Conhecem esta mulher?

Ela é uma terra chamada Brasil, estuprada e maculada aos 22 de Abril de 1500, data que iniciou também o processo de extinção de seus filhos legítimos, os índios. No Brasil o dia 19 de Abril foi instituído o dia do índio[não sei pra quê tanto dia de coisas diferentes], acho que numa tentativa medíocre de dizer que estamos cientes do problema deles, tolice!

Os enteados da terra foram os escravos trazidos a força para trabalhar por aqui.. vale ressaltar que os índios também foram escravizados, mas escreverei sobre eles em outro post, por merecerem uma atenção especial.

Ela tinha um nome que seus filhos amados chamavam, seu nome era [é] Pindorama. Com o atentado, passaram a chamar a vítima de Ilha de Vera Cruz, em 1500 , modificando por diversas vezes seu nome: Terra Nova, em 1501; Terra dos Papagaios, 1501; Terra de Vera Cruz, 1503; Terra de Santa Cruz, em 1503; Terra Santa Cruz do Brasil, em 1505; Terra do Brasil, em 1505; e Brasil, desde 1527. A referência a Brasil veio da árvore chamada Pau Brasil, drasticamente explorada por ter boa madeira e para extração de tintura vermelha( a terra sangrando). E lá estavam eles, os portugueses( estes mais conhecidos, mas também foram os espanhóis os agressores) rascando as vestes verde dela, deixando-a nua e vulnerável.

Enfim, se for pra escrever toda a revolta, melhor escrever uma bíblia. O que me entristece mais é que, devido a cultura prostituta implantada em nós, continuamos a vender seu corpo de forma descarada, continuamos a ignorar nossos irmãos da terra e dar prioridade aos de fora, continuamos a despi-la, continuamos a escoar e secar suas lágrimas, continuamos...continuamos...continuamo...


Até quando?


Igor Monteiro

domingo, 5 de abril de 2009

Acordes de ABRACADABRA



Escutar música é um ritual mágico, falo de música de verdade, que cumpre com a função ritualística de elevar a alma e nos colocar em transe sem o objetivo comercial simplesmente.

A Grande maioria não sabe, não enxerga, mas muitos são os bruxos da música, existem os bruxos que fazem as musicas( estes realmente merecem reverência) e os bruxos que apenas participam do ritual em busca da elevação espiritual. Um ritual para cada momento, o xamã interior em cada um dirige o processo mágico de escolha da musica para determinado momento.

Inicia-se a cerimonia: as ondas sonoras da musica raiz começam o processo do transe, preparando a mente para receber a mensagem, que pode ser direta ou indireta... a direta vem através da letra, a indireta e mais poderosa é a que é sussurrada no ouvido de dentro pra fora, eis o ensinamento. Quando o transe se aprofunda reações involuntárias ocorrem no corpo físico... arrepios.. lágrimas... balanço dos braços, pernas, quadril...extrema euforia...transcedência... em estado semilúcido observamos que uma força poderosíssima nos arrebata, nos conduz, nos ensina, conforta e relaxa.

Eis o culto mágico de invocação e evocação do primitivo contato divino com o todo da existência.

Assim como fizeram com todas as seitas, religiões, ordens e ritos, modificaram a música, faltaram com reverência no ritual sonoro e implantaram, segundo vontade própria e mesquinharia, ideais não nobres, fizeram do ritual sagrado uma orgia não sacra, transformaram a ferramenta mágica do som em lixo de enganação. Assim como existe Protestantismos sem essência, Catolicismo sem essência, Bruxaria sem essência, magia sem essência... fizeram a música sem essência. Esta pra mim é a pior, pois tiraram a essência de um ritual poderoso realizado em todo o mundo por homens e animais.

MAs como ocorre em todas as seitas, também no clã dos bruxos do som existe resistência e sabedoria, ainda existem magos que mantêm viva a celebração mágica da música e xamãs musicais que se rendem ao ritual com essência.

Enfim, entramos no processo cíclico de destruição de tudo, meio ambiente, educação, cultura e música... mas é um retorno ao caos necessário para a renovação.


Igor Monteiro